Pontos de comércio de chambari serão regularizado em Palmas

16

De acordo com a Prefeitura de Palmas, os comerciantes deixarão de trabalhar em barracas abertas embaixo de árvores e passarão a atuar em contêineres adaptados com áreas de convivência planejadas com pergolado, redário e banheiros em uma área de até 144 metros quadrados.

Novo projeto proposto pela Prefeitura de Palmas

O projeto foi elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Emprego (Sedem) e vai contemplar os 25 comerciantes do prato catalogados, muitos dos quais estão trabalhando irregularmente em áreas verdes, segundo informou a prefeitura.

Todos os comerciantes já foram orientados a formalizar sua atividade como microempreendedor individual (MEI), obter todas as demais as documentações necessárias para regularizar a atividade e iniciar a estruturação do comércio.

O projeto prevê espaço para uma área de lazer

Praça do Chambari

Conforme a Prefeitura de Palmas, a grande maioria dos comerciantes permanecerá em seus atuais locais de atendimento, com exceção de quatro comerciantes que estão ocupando irregularmente área pública na Avenida JK. A estes casos específicos, o Executivo municipal propôs a alocação de seus comércios em uma praça da Quadra ACNE 1 (antiga 104 Norte). O espaço público passará a ser chamado como Praça do Chambari, em referência a sua atividade comercial, e receberá todo o planejamento paisagístico.

Incentivo financeiro

O investimento necessário para a adaptação das atuais barracas levantadas debaixo de árvores para os futuros contêineres ficará a cargo de cada um dos comerciantes. Como forma de incentivo, o Banco do Povo tem à disposição linha de crédito a juros de 1% ao mês com opções de parcelamento de até 24 meses para pessoas físicas e até 36 meses a pessoas jurídicas.

Comentários no Facebook