Peça teatral circulará pelas feiras em Palmas a partir desta quinta

21
Divulgação

O espetáculo teatral, Zé, de A Barraca Cia de Artes, que traz poesia, música, história, cultura popular, vai circular em diferentes pontos da Capital de 29 de novembro a 2 de dezembro. As apresentações serão gratuitas.

Na terça-feira, 27, o grupo apresentará um ensaio aberto na Escola Municipal Beatriz Rodrigues, na Arno 42, para os alunos da Educação de Jovens e Adultos, com um bate-papo com a plateia após a apresentação.

A estreia acontece na próxima quarta-feira, 28, às 20 horas, na Grande Praça do Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, equipamento público que recebeu o nome do poeta em sua homenagem, popularmente conhecido como Zé Gomes e, na peça, apenas Zé.

Posteriormente, o grupo circulará por feiras livres da Capital com apresentação na quinta-feira, 29, na feira da Arse 112; no sábado, 1º, na feira da Praça Joaquim Maracaípe em Taquaruçu; e no domingo, 2, na Feira da Arno 33 e Feira do Bosque.

As atrizes Cleuda Milhomem, Cinthia Abreu, Iva de Oliveira, Leidiane Martins e Magna Carneiro se revezam em cena com música, dança e teatro para elucidar, por meio da composição cênica ator-conceito-linguagem, a visão artística de José Gomes Sobrinho. Além da linguagem de cultura popular no teatro de rua, o espetáculo traz uma proposta diferenciada até na execução musical, com instrumentos nada convencionais, como pedaços de telha, azulejo, canos, serrote, martelo, balde com água e pilão, entre outros elementos.

Espetáculo

Resgatando a linguagem mambembe, a proposta de Zé é abordar o mundo lírico do poeta José Gomes Sobrinho (in memorian), por meio de seus textos, música e principalmente pelo modo como as pessoas o viam, trazendo à tona sua visão de mundo, suas concepções a cerca da vida e de sua realidade.

A primeira montagem do espetáculo aconteceu no ano de 2014, em homenagem aos dez anos de falecimento do poeta que é referência para a cultura tocantinense. A direção do espetáculo é de Nival Correia. “Não se trata de uma referência biográfica ao José Gomes Sobrinho, mas pretendemos sim dar movimentos, expressões, cores e sentimentos à obra poética dele, tornando-a visual”, explicou.

Assistente de direção do espetáculo, a atriz Magna Carneiro complementa que o espetáculo traz não só uma releitura das obras do artista com música, dança e interpretação teatral, mas também da vida particular do artista. “Mostramos ao público um Zé que todo mundo tem uma história para contar, um episódio que vivenciou, buscando estimular o público a compreender subjetivamente as concepções que norteavam o artista a cerca de suas obras e da vida”, disse.

Agenda

Dia 27/11 – Escola Municipal Beatriz Rodrigues, às 19h30 (ensaio aberto)

Dia 28/11 – Grande Praça do Espaço Cultural, às 20 horas

Dia 29/11 – Feira da Arse 112, às 20 horas

Dia 1º/12 – Feira da Praça Joaquim Maracaípe, às 20 horas

Dia 2/12 – Feira da Arno 33, às 11 horas

Dia 2/12 – Feira do Bosque, às 20 horas

(Com informações da Fundação Cultural de Palmas)

Comentários no Facebook