PRF divulga concurso com 25 vagas para o Tocantins

92
Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lançou nesta quarta-feira, 28, edital do concurso público para preenchimento de 500 vagas, sendo que destas, 25 são para o Tocantins. Para concorrer, os candidatos devem ter ensino superior em qualquer área.

Do total de oportunidades , 100 são reservadas para candidatos negros e 33 para pessoas com deficiência. As inscrições devem ser feitas de 3 a 18 de dezembro pelo site.

A taxa de inscrição é de R$ 150,00. Os candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, doadores de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde e membros de família de baixa renda podem pedir isenção da Taxa.

Locais das vagas por Estado:

Acre (17 vagas)
Amapá (28 vagas)
Amazonas (23 vagas)
Bahia (17 vagas)
Goiás (27 vagas)
Maranhão (18 vagas)
Mato Grosso (9 vagas)
Mato Grosso do Sul (35 vagas)
Minas Gerais (57 vagas)
Pará (81 vagas)
Piauí (22 vagas)
Rio de Janeiro (10 vagas)
Rio Grande do Sul (74 vagas)
Rondônia (15 vagas)
Roraima (23 vagas)
São Paulo (19 vagas)
Tocantins (25 vagas)

As provas serão aplicadas provavelmente nos dias 3 de fevereiro de 2019, com duração de 4 horas e 30 minutos. A previsão é que no dia 30 de janeiro seja publicado edital informando locais e horários das provas.

A prova objetiva terá 120 questões de língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, informática, noções de física, ética no serviço público, geopolítica brasileira, história da PRF, legislação de trânsito, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, noções de direito penal e de direito processual penal, legislação especial e direitos humanos e cidadania.

A banca escolhida para organizar o concurso foi o Cespe/UNB.

Etapas e provas para ingresso na carreira

O concurso PRF será composto por duas etapas, sendo a primeira composta por:

Prova objetiva;
Prova discursiva;
Exame de capacidade física;
Avaliações de saúde;
Avaliação psicológica;
Prova de títulos;
Investigação social;

A segunda etapa será o Curso de formação profissional de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal e do Cebraspe.

Área de Atuação

O policial rodoviário federal atua na área de segurança pública, sendo responsável pelo ostensivo patrulhamento nas principais estradas e vias federais, a fim de evitar crimes de trânsito e fiscalizar o tráfego nas rodovias. É trabalho também do policial rodoviário federal o controle e apreensão de cargas irregulares e/ou ilegais que tentam cruzar as fronteiras do país e policiar essas mesmas fronteiras a fim de evitar que tráficos e contrabandos cruzem essas fronteiras.

Último concurso

O último concurso PRF para a carreira de policial rodoviário federal aconteceu em 2013 e ofertou 950 vagas imediatas e 50 para cadastro reserva. A seleção foi composta por prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos, prova discursiva em que consistia em um texto dissertativo de 30 linhas, exame de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social e funcional, por fim, a avaliação de títulos.

A prova de conhecimentos contou com conteúdo de Língua Portuguesa, Matemática, Noções de Direito Constitucional, Ética no Serviço Público e Noções de Informática. Em conhecimentos específicos, os conteúdos foram de Noções de Direito Administrativo, Noções De Direito Penal, Noções De Direito Processual Penal, Legislação Especial, Direitos Humanos e Cidadania, Legislação Relativa ao DPRF e Física Aplicada à Perícia de Acidentes Rodoviários.

(Com informações da PRF e do Grancursos)

 

Comentários no Facebook